Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2012 Governo de Alagoas entrega duplicação da AL-101 Sul
24/09/2012 - 10h35m

Governo de Alagoas entrega duplicação da AL-101 Sul

Em grande evento no sábado, Estado inaugurou os 52km duplicados e restaurados entre Maceió e Barra de São Miguel

Governo de Alagoas entrega duplicação da AL-101 Sul

Na inauguração, o governador Teotonio Vilela homenageou operários e anunciou ciclovia para 2013

O Governo de Alagoas entregou oficialmente a obra de duplicação da AL-101 Sul. Os 52 km duplicados e restaurados que ligam o Pontal da Barra, em Maceió, ao Trevo do Gunga, na Barra de São Miguel, foram inaugurados em grande evento na tarde de sábado (22), no Viaduto do Francês, em Marechal Deodoro.

Com abertura da Orquestra Filarmônica Mestre Elizio, de Piranhas, a solenidade foi iniciada com o discurso do diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem de Alagoas (DER), Marcos Vital, que falou sobre o desempenho e esforço de todo o Governo de Alagoas para a conclusão da obra. “A equipe do DER é pequena, mas muito aguerrida e a prova está aqui. Esta obra é uma vitória para todo o Estado, graças ao governador Teotonio Vilela Filho, que perseverou e batalhou para angariar recursos para sua conclusão. Que venha agora o desenvolvimento”, destacou Vital.

Segundo o secretário de Estado da Infraestrutura, Marco Fireman, a obra de duplicação da AL-101 Sul foi a mais cobrada e fiscalizada pela população. Foi também um dos maiores desafios da gestão Teotonio Vilela.

“Foram três anos de muito trabalho, três anos para fazer desapropriações, para elaborar projeto, para licitar, e para construir cada pedaço da rodovia. Foram três anos de desgastes para garantir recursos para a obra e não interromper o trabalho de quase 500 trabalhadores. Esta obra representa muito mais que asfalto. Ela representa desenvolvimento turístico, social e econômico para todo o Estado, especialmente para a região Sul. Sem dúvidas, uma das mais importantes obras de Alagoas”, ressaltou Fireman.

Os alagoanos ilustres que dão nome à rodovia e aos três viadutos da duplicação foram lembrados na solenidade de inauguração, no discurso do vice-governador José Thomaz Nonô. Familiares receberam, em nome dos homenageados, placas em reconhecimento pelo trabalho prestado ao Estado. “Essa é a homenagem da sociedade alagoana a Ardel Jucá, Fernando Medeiros, Beroaldo Maia Gomes e Ib Gatto Falcão”, comentou Nonô.

Reconhecimento

Os profissionais que participaram da construção da obra também tiveram o reconhecimento do Governo de Alagoas. Na cerimônia, eles foram representados por Ernande Alves da Silva, funcionário da construtora Ferreira Guedes, empresa executora da obra. O operário recebeu uma placa de homenagem pelo trabalho realizado e gravou as mãos numa placa de cimento que irá fazer parte da rodovia.

“Todos os funcionários, do servente ao engenheiro, fizeram um excelente trabalho aqui. Estou muito feliz por representá-los e também por ter contribuído com essa duplicação que beneficiará toda a população. Agradeço ao Governo pela homenagem”, afirmou o operário.

O governador Teotonio Vilela Filho destacou a duplicação da AL-101 Sul como uma das mais importantes obras de sua gestão. Ele lembrou a influência da duplicação para o desenvolvimento do turismo e comentou as perspectivas do Governo para o segmento rodoviário. “É com muito orgulho que apresentamos a duplicação da AL-101 Sul, mas ainda temos muito a fazer. Essa não é uma obra isolada, é uma obra conectada a todo o sistema rodoviário que planejamos para Alagoas”, ressaltou o governador.

Vilela também garantiu a construção de uma ciclovia na rodovia duplicada. Segundo ele, a obra deverá ter início em 2013 e acompanhará a duplicação, de Maceió à Barra de São Miguel.

Obra

Importante rodovia que liga a Região Metropolitana ao Sul do Estado, a AL-101 Sul teve 25,8 km duplicados entre o Pontal da Barra, em Maceió, e o Trevo do Gunga, na Barra de São Miguel.

As obras estruturantes que fazem parte da duplicação da AL-101 Sul incluem ainda a duplicação de quatro pontes: as pontes Maceiozinho, Niquim, Massagueira e Divaldo Suruagy e a construção de três viadutos: o viaduto da Barra de São Miguel - Fernando Medeiros, que terá mão dupla, medindo 90 metros; o viaduto do Detran - Beroaldo Maia Gomes, que terá mão única, no sentido Barra de São Miguel-Maceió e extensão de 70 metros; e o viaduto do Francês - Ardel Jucá que será mão dupla, medindo 108 metros.

Ações do documento
Logomarca
Configuracoes do Tema Fabrica

consulta_de_multas.jpg

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

null

Portal da Transparência

fale_com_o_diretor_presidente.jpg

abder.jpg

diario_oficial.jpg